Jesus multiplica o lanche

Muita gente! É gente demais! É uma multidão! Homens, mulheres e crianças; todos andando sem parar. Quantos doentes, aleijados, tortos, alguns se arrastando… O que será que está acontecendo? “- Ei, onde vocês vão? perguntou o menino!” “- Não sabes? Vamos ver Jesus! Ele é maravilhoso”. E andavam para o outro lado do mar da Galiléia. “- Jesus! Que nome doce! Eu também quero vê-lo!” E o menino correu. “Mamãe, mamãe, eu também vou ver Jesus! Ouça o barulho da multidão subindo o monte.” “- Espere meu filho, vou fazer um lanchinho pra você.” Mamãe pegou uma cestinha pra colocar cinco pães e dois peixinhos fritos. E sorrindo entregou pro menino. “-Obrigado mamãe!”. E saiu correndo. “Eu quero ver Jesus!”.
E a multidão estava lá no monte. E o menino, feliz, estava lá também. Ficou na pontinha dos pés, esticou o corpinho e viu Jesus. Ele queria chegar mais perto. Jesus falava e todos ouviam, eram mais de cinco mil pessoas. Todas estavam sentadas na grama verdinha! Mas foi ficando tarde e ali era um lugar distante de tudo. O povo estava com fome. E agora?
Jesus percebeu e falou: “- Felipe, onde vamos comprar pão para eles?” André ouviu, olhou ao redor e viu um menino com um lindo sorriso, segurando sua cestinha com o lanchinho. “- Jesus, há aqui um menino que tem cinco pães e dois peixinhos”. Poxa! Que alegria para o menino! Seu coração estava batendo forte quando Jesus pediu seu lanchinho… E Jesus levantou os olhos para o céu e abençoou aquele lanchinho! Depois deu aos discípulos distribuirem para multidão. Mas os pães não acabavam… Iam se mutiplicando. Todos comeram o quanto quizeram. Depois Jesus mandou recolher o que sobrou. Sabem quanto foi? Doze cestos cheios. Aconteceu um verdadeiro milagre!
O menino dessa história deu o que tinha para Jesus. Ele podia ter dito: “É tão pouquinho!”. E você? O que pode dar a Jesus? Assim como aquele menino deu o lanche para Jesus, você também pode dar alguma coisa. Que tal o seu coraçãozinho? Fale pra Jesus entrar e fazer morada nele agora mesmo!
João 6:1 a 15 – Adaptado por Marilda Ferreira de Toledo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s